quinta-feira, 17 de março de 2011

Depois da Cirurgia

A recomendação médica foi para que eu fizesse repouso e não pegasse nada pesado, no máximo uns dois kilos! Deveria ficar descansando e retornar alguns dias depois para verificar os "pontos" da cirurgia...

O que aconteceu foi que no dia que eu tive alta eu peguei o Pietro e fui direto para o hospital com ele. Tudo bem que tudo que precisava ser feito, foi feito mesmo eu estando internada. Mas meu filho não melhorou... e EU queria fazer o que achava preciso ser feito entendem?

Quando chego no hospital, finalmente alguém decide exmainar melhor meu pequeno. Me pedem uma radiografia do pulmão e dos seios da face. Estava tudo limpinho. Dessa forma a pediatra de plantão pediu apenas que eu continuasse com o antialergico por mais uma semana, corticóide! Ah tá...

Mas Dra. meu filho já está tomando isso por quase 15 dias e ainda não melhorou, vc acha realmente necessário que eu continue com esse corticoide?

Sim mãezinha, eu acho...

Pois fique achando. Não dei... Não continuei mesmo porque se tivesse que fazer efeito, já teria acontecido. Estava muito preocupada, se o peito estava limpo, ele não tinha febre, o que estava acontecendo então? De onde vinha aquela tosse?

O fato é que os dias que se seguiram foi sem medicação. Foi um período de muita oração e repouso zero! Estava por perto em todas as crises de Pietro e eu mesma fiquei com ele . Peguei muito peso, mais de 10... E acalentei esse peso todas as vezes que ele me chamou de mãe, que me olhou pedindo ajuda, e nem me importei com a dorzinha que sentia no local operado...

No meu retorno ao consultório estava tudo bem. Os pontos estavam bem cicatrizados externamente, nenhum sinal de que algo estivesse errado e enfim... Só falatava o meu filho ficar bem... O que não aconteceu.

No dia 06/03 a festinha dele aconteceu...  os convites já estavam entregues, foi algo pequeno e apenas para pessoas muito próximas mesmo. Não tenho fotos aqui ainda, mas depois eu posto. Ele aproveitou como deu, mas sinceramente, acho que se estivesse 100% teria sido bem melhor... Ele ficou o dia todo só com uma mamadeira... Não queria comer de jeito nenhum e as crises de tosse vieram durante a festa também... Mas comemoramos! Não ficou só no bolinho do dia 27/02 em que eu não pude estar presente.

Mas no dia seguinte de manhã, lá fomos nós denovo para o pronto socorro. Dessa vez, escolhi outro hospital. Lembrando que fazia 1 semana que eu estava operada...

Dei sorte com a pediatra dessa vez, bem analítica, demonstrou interesse. Alguns exames e ela constatou que na nova radiografia já tinha alguma sujeirinha no pulmão e diagnostiscou como bactéria atípica.

Voltamos para casa com o seguinte receituário: Antibiótico Klaricid por 15 dias!  Corticóide Pulmicort para colocar na inalação! Xarope Fluimucil p/ expectoração, Xarope Hixizine como antialérgico e Xarope Antux para controle da tosse... O dificil foi dar tudo isso pro menino... e muitas vezes as crises de tosse faziam ele vomitar toda medicação uns 20 minutos à 1 hora depois de ter tomado... Na dúvida sobre "quanto" do remédio ele absorveu eu não dava novamente... Só no próximo horário mesmo...

Pietro apresentou pequena melhora somente 4 dias depois de começar esse tratamento de choque... E a melhora foi bem pequena... À partir do sétimo dia é que eu pude novamente reconhecer o meu menino... estava bem mais ativo, estava pedindo comidinha, estava aprontando denovo...rs rs rs

HOJE ele ainda está em tratamento, mas está bem melhor. Tem dias que as crises de tosse persistem, noutros são mais amenas. Eu ainda não sei bem o que pode ter acontecido, mas vou investigar assim que ele melhorar. Nunca vi ou ouvi dizer que uma criança tão pequena tivesse uma tosse e posteriormente as coisas se agravassem de tal forma... Aliás, alguém sabe me dizer quanto tempo dura uma tosse? Porque se eu for contar em dias, já estamos com 1 mês nessa história...

Voltei ao trabalho e o Pietro se recupera bem.

No próximo post, eu quero dividir com vocês os sentimentos que eu vivi no meio desse furacão todo...

Beijos.

Alê

6 comentários:

Ana disse...

Nossa! Que sufoco! E quanto remedio!
A tosse depende muito.
Lucas quando tá com crise de broquite, medicado, leva 2 semanas para acabar a tosse. Se for bacteria mesmo no pulmão leva mais tempo mesmo. O importante é manter a medicação e o antibiotico com os cuidados no horario. Se for para te tranquilizar procura uma pneumologista infantil. Espero que ele esteje 100% logo! Bjs!

O lord da diva disse...

Ai amiga passamos pela mesma situação! To com Odio de plantonista aff nem entrei muito em detalhes sabe mais o Theus tava super no antibiotico a 15 dias e sem melhoras =/.. Em fim depois de uma medica boa deu tudo certo :)
Fico feliz que tenha dado tudo certo pra ti e que a festinha tenha sido otima :)
Beijoconas em vcs dois

Karine e Rafinha! disse...

puxa amiga ue situação..ser mãe é isso mesmo...sofrer...pra depois ficar feliz...rsss..boa sorte...quando puder partilhar tudo escreva....bjs e boa sorte

Anjinho disse...

Amiga,. o melhor é q tdodo esforça valeu a pena.
Q bom saber q ele tá melhor.
beijos!

Tezinha disse...

Oiiiiiiiiii... vorrrtei : )
Alê meu amor, mas q luta! Espero q vc fique hiper bem e q o Pietro tenha uma saúde de ferro : )
Bjspra vcs dois.

Briza, Marcelo e Theo disse...

Olá, acabei de descobrir o seu blog e me identifiquei muito com o seu ultimo post. Sou exatamente assim. Sofro por antecipação. Tudo que leio a respeito de doenças já logo imagino o que seria se fosse com o meu Theo. Credo!
Perdi o medo de morrer, agora o meu medo é não ver meu filho crescer... engraçado, né?! Esse amor de mãe me preenche de tal forma, que eu só consigo viver pra ele e por ele.

Sobre a tosse que vc estava falando, o Theo teve direto tb por muito tempo... E o nariz ficou escorrendo por mais de 1 mês. Sempre vou em 2 pediatras, mas numa das crises parei no Hospital, onde detectaram "principio de pneumonia". Fiquei em desespero, larguei o trabalho de lado e me dediquei exclusivamente a ele.
Como a gente nunca sabe se o que o médico diz é real, eu sempre dou uma ligadinha para minha prima, que é médica pediatra de UTI Neonatal. Nela eu confio, por ter laços de amor com o meu filho e não ser apenas mais um no consultório. Ela me tranquilizou qto ao nariz escorrendo, dizendo que só iria realmente secar, qdo o tempo melhorasse. Dito e feito, qdo entrou o verão o bichinho ficou ótimo!
Quer que eu pergunte a ela sobre tosse?
Beijos Briza e Theo
brizaemarcelo.blogspot.com